11/01/2011

Mais uma 'perola' do Dep. Médico (ou algo parecido...)

Yannick Djaló e Hélder Postiga continuam inaptos e a recuperar das respectivas lesões (Marat Izmailov permanece ausente, também em trabalho de recuperação), não tendo participado na sessão de trabalho desta terça-feira. O Director Clínico do Sporting, Dr. Gomes Pereira, elaborou, entretanto, o diagnóstico dos dois atletas entregues ao departamento médico «leonino»:

Yannick Djaló: No jogo realizado em Alvalade, no dia 3 de Janeiro de 2011, sofreu um estiramento no músculo-tendinoso na face interna da coxa esquerda. Os exames complementares efectuados, bem como os testes clínicos realizados, revelaram uma lesão muscular aguda. Encontra-se em tratamento. O regresso à competição está dependente da resposta a este tratamento e ao trabalho específico a que, neste momento, se submete. Não obstante, prevê-se um tempo de inactividade competitiva não inferior a quatro semanas.

Hélder Postiga: No decurso do jogo realizado em Alvalade, no dia 8 de Janeiro de 2011, apresentou dor e incapacidade muscular na face posterior da perna esquerda, como consequência de uma disputa de bola. Este episódio ditou a sua saída do referido jogo. Foi submetido a testes clínicos e exames complementares. Prevê-se – estimativa alterável de acordo com a evolução clínica – um tempo de inactividade competitiva não inferior a duas semanas.


In scp.pt

4 comentários:

porta10a disse...

Já agora, porquê?
Parecem ser diagnósticos correctos e de acordo com a linguagem clínica...

jg1906 disse...

Simplesmente porque ou temos muito azar ou as recuperações feitas aos atletas que se lesionam nunca são feitas na sua plenitude. São constantes as lesões 'mal curadas', e a prova disso é que após 'estadia' no Dep. Médico, muitos deles regressam após porem o pé dentro de campo.
A juntar à fraca condição física que quase todos apresentam, as quebras nas 2ªs partes espelham bem que algo não foi preparado convenientemente. Não digo que a culpa seja única e exclusivamente do Dep. Médico, óbvio que não, mas que a intervenção do mesmo deixa muito a desejar, para mim deixa.

porta10a disse...

Eu acho que o principal problema está na deficiente condição física dos jogadores, fruto de uma péssima preparação física dada por ' carregadores de móveis '...
Os médicos fazem o que podem para 'remediar' o mau estado das coisas. Podem aqui e ali, errar e seguramente já o fizeram mas acho que não são eles os principais culpados...

SL

jg1906 disse...

Claro que sim. A má preparação física logo na pré temporada está à vista de todos. O Sporting, nesta metade da época, ainda não conseguiu jogar uma partida inteira ao mesmo ritmo (dentro do possível), aliás é evidente que não 'há pernas' para 90m.
A 'culpa' que atribuo ao Dep. medico, é que quando se dá um jogador como apto, não seja de esperar que ele volte a a apresentar as mesmas mazelas dias depois. E como não têm sido casos esporádicos, a culpa não deveria morrer solteira.